Clara Camarão, a primeira guerreira do Brasil

No Brasil atual, toda mulher que luta por seus objetivos, não se deixa intimidar, levanta a cabeça e busca a felicidade apesar de todas as dificuldades pode ser considerada uma guerreira. Mas, no Brasil colonial, ser uma mulher guerreira tinha um significado bem diferente. Clara Felipa Camarão nasceu no começo do século XVII no Rio Grande do Norte, na aldeia Igapó. Acredita-se que ela fazia … Continuar lendo Clara Camarão, a primeira guerreira do Brasil

3 mulheres excluídas da sua aula de História do Brasil

Após a proclamação da Independência em setembro de 1822, nem todo mundo aceitou o fato. Muitos portugueses radicados se indignavam, especialmente no Maranhão e na Bahia. Do literal ao interior baiano, houve muita revolta. Essas três mulheres baianas são símbolos da resistência, mas quase nunca estão nos livros didáticos das escolas. Maria Felipa de Oliveira Mulher negra e pobre, Maria quase nunca é lembrada por … Continuar lendo 3 mulheres excluídas da sua aula de História do Brasil

Uma mulher assinou o decreto da Independência do Brasil

Em agosto de 1822, os brasileiros já estavam cientes que Portugal pretendia chamar D. Pedro de volta, rebaixando o Brasil, de Reino Unido para voltar a ser uma simples colônia. Com o aparecimento de uma guerra civil que pretendia separar a Província de São Paulo do resto do Brasil, D. Pedro passou o poder à Dona Leopoldina no dia 13 de Agosto de 1822, nomeando-a … Continuar lendo Uma mulher assinou o decreto da Independência do Brasil