Jyoti Pandey – O estupro coletivo cometido por 664 milhões de homens

A intenção do título não é “sencionalismo”. O estupro não se iniciou e encerrou no ato da penetração genital sem consentimento: a violação física e a destruição psicológica da estudante são muito mais amplas do que o que pode caber na palavra “estupro”. E já é hora de parar de chamá-la de “estudante”. Jyoti Singh Pandey é seu nome, ela tem rosto, tem cabelos, tem … Continuar lendo Jyoti Pandey – O estupro coletivo cometido por 664 milhões de homens