15 atletas para acompanhar nas paralimpíadas

No dia 24 de agosto começam as Paralimpíadas de Tóquio! Hoje queremos sugerir algumas atletas brasileiras para você acompanhar esse ano:

Evani Calado, de Garanhuns, Pernambuco, é atleta de Boche, e estreou nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, onde ganhou a medalha de ouro nas duplas. A brasileira venceu, ainda, outras competições importantes jogando em pares, como o Open Mundial de 2018 e a Copa América de 2017 e de 2019, quando também ficou com a medalha de prata na disputa individual.  

Foto: Alê Cabral/CPB

No ciclismo teremos duas competidoras, Ana Raquel Lins, e Jady Malavazzi. Ana é de Natal, Rio Grande do Norte, tem 30 anos e disputa sua segunda edição dos Jogos, mas a primeira como ciclista, pois em 2016 a atleta competia pelo triatlo. Já Jady Malavazzi, de Jandaia do Sul (PR), de 26 anos, compete na categoria estrada, com handbike, e também disputa sua segunda Paralimpíada. 

Foto Ana Raquel: CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo)

Foto Jady Malavazzi: CPB

_

Alana Maldonado, de Tupã (SP), é medalhista de prata no judô paralímpico feminino nas Paralimpíadas Rio 2016 na categoria de até 70kg e campeã mundial em 2018, aos 23 anos.  Alana tem a doença de Stargardt e pratica o judô há mais de 12 anos. 

Foto: André Durão

_

A potiguar Joana Neves, 34 anos, é conhecida como “peixinha” e vai para sua terceira paralimpíada – já tem 4 medalhas das duas últimas edições. Joana tem acondroplasia (nanismo) e compete desde os 13 anos.

A foto é do site da atleta, https://joananeves.com.br/

Maria Carolina Gomes Santiago também estará competindo na natação. Ela é natural de Recife, tem 35 anos, e começou a nadar com 8. Ela garantiu vaga no Japão após ter conquistado o ouro no Mundial de Natação de Londres. É a primeira vez que disputa uma Paralimpíada, mas já foi quatro vezes campeã-Parapan-Americana e bicampeã mundial nos 100 e 200 metros nado livre. 

Foto: Alê Cabral/CPB

_

A modalidade do Parataekwondo é estreante em Tóquio. Débora Menezes, de 28 anos, é destaque, já que conquistou o ouro no Campeonato Mundial, em 2019, e está em segundo no ranking mundial. A paulista é da classe K44, para deficiência em pelo menos um membro superior, ela nasceu com uma má formação abaixo do cotovelo direito. A atleta competiu no lançamento de dardo até 2013, quando começou a praticar artes marciais. Segundo o site do Comitê Paralímpico Brasileiro, em 2015 ela recebeu o convite para dedicar-se em alto rendimento ao taekwondo. 

Foto: Daniel Zappe/CPB/MPIX/Direitos Reservados

——

No Tênis de mesa, temos atletas na categoria feminina nas classes 6 a 10, de atletas andantes. As medalhistas de bronze no Rio na disputa por equipe Bruna Alexandre, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos estarão competindo novamente em Tóquio, sendo que Bruna Alexandre também obteve o bronze na disputa individual da classe 10. Ela já participou de duas paralimpíadas, de Londres 2012 e Rio de Janeiro 2016. Bruna é de Criciúma (SC) e tem 24 anos. Ela teve que ter o braço direito amputado quando tinha 3 meses de idade. 

foto:© Ale Cabral/CPB/Direitos Reservados

A lançadora Beth Gomes, de Santos (SP), tem 56 anos e é campeã mundial do lançamento de disco na classe F52 (cadeirantes). Não participou da Paralimpíada do Rio por conta de mudanças de classificação, mas na seletiva para as Paralimpíadas de Tóquio ela registrou 16,92 metros, batendo a marca anterior, que era dela mesma, em três centímetros. Apesar de ser a primeira paralimpíada disputando nessa modalidade, ela foi campeã no lançamento de disco dos Jogos Parapan-Americano de Lima e do Mundial de Atletismo de Dubai em 2019. Beth foi diagnosticada com esclerose múltipla em 1993, e teve que interromper a carreira de jogadora de vôlei. Depois disso também chegou a praticar basquete de cadeira de rodas, modalidade na qual já disputou uma Paralimpíada, em Pequim-2008.

Foto: MARCIO RODRIGUES/MPIX/CPB

—–

Izabela Campos, de 40 anos, competirá no lançamento de disco da classe F11 (cego total). A atleta mineira já ganhou bronze no lançamento de disco e arremesso de dardo no Campeonato Mundial Paralímpico de Londres, em 2012; bronze no lançamento de disco na Paralimpíada Rio 2016; e três medalhas em Jogos Parapanamericanos (ouro no arremesso de disco, prata no arremesso de peso e bronze no lançamento de dardo).

Mariana D’Andrea tem 23 anos e é de Itu (SP). Ela pratica o halterofilismo desde 2015, tendo participado em diversas competições, inclusive sendo campeã parapan-americana em Lima 2019. Esse ano ela se destacou na Copa do Mundo de halterofilismo paralímpico em Tbilisi, na Geórgia. Na categoria até 73kg, ela conquistou a medalha de ouro, com direito a recorde das Américas, ao levantar 135kg.

Foto: CPB

—-

Tayana de Souza Medeiros, 28 anos, é atleta de halterofilismo na categoria até 86 kg.  Nasceu com uma doença chamada artrogripose, que comprometeu o movimento de suas pernas. Carioca do Morro da Fé, no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio, Tayana chegou a treinar arremesso de peso, lançamento de dardo e de disco quando era mais nova. Conheceu a modalidade depois de um evento realizado antes da Rio 2016 e se apaixonou pelo esporte. Nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, em 2019, conquistou a medalha de prata.

Foto: Ale Cabral/CPB

Lara Aparecida Ferreira Sullivan de Lima, de 18 anos, também competirá na modalidade da halterofilia. Natural de Uberlândia (MG), nasceu com mielomeningocele, doença que afeta a espinha dorsal, e artrogripose, que afetou os movimentos dos membros inferiores. Ela começou no halterofilismo com apenas 10 anos de idade. Este ano, Lara Lima faturou a medalha de ouro na categoria júnior e um bronze no adulto na Copa do Mundo da modalidade na Geórgia, ambas pela categoria até 41kg. Além dessas conquistas, a atleta estabeleceu o novo recorde das Américas na categoria júnior com 90kg na barra.

Esse post foi escrito por Lívia Brito, editora e tradutora. É formada em relações internacionais e já escreveu uma série pro blog falando sobre as mina no futebol no ano passado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s