(5 de janeiro de 1896 – Villa Clara, Cuba) / (8 de abril de 1958 – Havana, Cuba)

Formou-se na Escola Nacional de San Alejandro, onde aprendeu impressionismo acadêmio. Mas modificou seu estilo ao longo da vida.

Estudou em Paris, influenciada por cubistas, pinturas modernas e trabalhos com cerâmica e vidro.
Evocando o espírito ciollo de Cuba, valorizada a casa, a família, a serenidade e o passado.

Amelia manteve-se firme à Revolução de 1959, permanecendo em Cuba até sua morte.

Entre seus trabalhos mais famosos estão Gudinga (1931), uma ilustração para o poema A agonia de Petronius, de Julián del Casal, Las dos hermanas (1943) e Las muchachas (1943).

Amelia-Pelaez-Still-Life-L.jpg

pelaez_amelia_bandeja_con_frutas_1.jpg

447998a9b1c0747c2c0007a25d8c50f3.jpg

mw148027.jpg

Referências: http://latinoamericana.wiki.br/verbetes/p/pelaez-amelia

Anúncios