Benedita da Silva – Primeira senadora negra do Brasil

Benedita da Silva (1942-)

Primeira senadora negra do Brasil.

Política ativista do Movimento Negro e Feminista, Benedita Souza da Silva Santos nasceu no dia 11 de março de 1942 no Hospital Miguel Couto, na cidade do Rio de Janeiro. Filha
da lavadeira Maria da Conceição, conhecida como Dona Ovídia, e do pedreiro e lavador de carro José Tobias, na época moradores da favela da Praia do Pinto (Leblon), destruída nos
anos 1960 por um incêndio, para dar lugar ao condomínio residencial Selva de Pedra.
Ainda recém-nascida, foi morar no morro do Chapéu-Mangueira, no Leme (RJ), onde residiu daí por diante. Com uma família numerosa de 14 irmãos, todos tinham que trabalhar. Bené, como ficou conhecida, desde menina pegou no batente: vendeu limão e amendoim, foi operária fabril e entregava a roupa lavada e passada por sua mãe, que tinha, dentre seus clientes, a família do presidente da República Juscelino Kubitschek (1956-60).

Por ocasião das comemorações do IV Centenário da cidade do Rio de Janeiro, em 1965, foi indicada para representante do bairro de Copacabana no concurso de mulheres
sambistas promovido pela Prefeitura, tendo sido eleita a Miss IV Centenário. Aos 26 anos de idade, converteu-se à Assembleia de Deus.
Foi nas décadas de 1960-70, tempos de agitação social e dureza do regime militar, que Bené, Dona Marcela e outras mulheres do morro do Chapéu-Mangueira – uma favela incrustada na zona sul carioca – começaram a se reunir para enfrentar a difícil situação dos favelados, resistir às investidas da polícia e melhorar as condições de vida. Fundou o Departamento Feminino da Associação de Moradores do Chapéu-Mangueira.
Logo depois do renascimento do movimento feminista carioca em 1975-76, essa pioneira associação de mulheres faveladas procurou o Centro da Mulher Brasileira (RJ) para articular
um trabalho em conjunto, promovendo uma troca histórica de experiências entre estratos sociais diferentes: a classe média ilustrada e as mulheres do morro.

Benedita percebeu que sua saída era estudar; foi a única da família que conseguiu conciliar o trabalho com o estudo, diplomando-se em serviço social no ano de 1982. Viúva,
em 1981, do seu primeiro marido Nilton Aldano da Silva, com quem teve dois filhos, casou-se, um ano depois, com Aguinaldo Bezerra dos Santos (o Bola), importante líder comunitário
carioca, que morreu em 1988. Atualmente está casada com o ator e político Antônio Pitanga.

Sua atuação nos movimentos de favela, no movimento negro e de mulheres foi a ponta de lança para sua candidatura como vereadora nas eleições municipais de 1982 pela legenda
do Partido dos Trabalhadores (PT). Eleita, sua trajetória política foi meteórica, tornando-se a primeira mulher negra a atingir os mais altos cargos da história do Brasil: vereadora,
deputada federal constituinte, reeleita para um segundo mandato em 1990, senadora, em 1994, com mais de 2 milhões e 400 mil votos, e vice-governadora no pleito de 1998.
Seus mandatos foram marcados pela defesa das mulheres e dos negros. É de sua autoria o projeto que inscreveu Zumbi dos Palmares no panteão dos heróis nacionais; fez de 20 de novembro o “Dia nacional da consciência negra”, além de outros projetos que propõem a inclusão de negros nas produções das emissoras de televisões, filmes e peças publicitárias;
criação de delegacias especiais para apurar crimes raciais, cota mínima em instituições de ensino superior; obrigatoriedade do quesito “cor” em documentos; lei contra o assédio sexual e direitos trabalhistas extensivos às empregadas domésticas.

Bené teve sua iniciação política no movimento comunitário da favela e afirmava: “A militância política do pobre começa no berço, no bairro, e não no partido. Foi na rua que
aprendi que preciso lutar pela igualdade social para os homens e as mulheres.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s