8 coisas do nosso dia a dia que foram inventadas por mulheres e que você provavelmente não sabia. Afinal, nós nunca sabemos muito sobre a história das mulheres.

 

1 – Kevlar – Stephanie Kwolek

09-kevlar.jpg

A química americana Stephanie Kwolek foi responsável por criar uma família de fibras sintéticas ultrarresistentes, mas que também eram bastante maleáveis. A tecnologia, batizada de “Kevlar”, foi aplicada a em aviões, pneus, barcos e até raquetes de tênis, no entanto, ficou mais conhecida pelo uso em coletes à prova de balas. Mesmo assim, Kwolek nunca lucrou com suas patentes, já que, à época, elas foram cedidas à empresa na qual a inventora trabalhava. Veja a patente original.

2 – Fraldas descartáveis – Marion Donovan 

07-fraldas.jpg

A americana foi a responsável pela criação da primeira fralda descartável à prova de líquidos. A ideia surgiu ao costurar uma cortina de chuveiro à fralda, o que evitava que a roupa do bebê e o berço ficassem molhados. Além disso, Donavan também foi responsável por substituir os alfinetes (perigosos para as crianças) por lacres de plástico nas fraldas. Veja a patente original.

3 – Corretivo – Bette Nesmith Graham 

liquid-paper.jpg

Bette trabalhava como secretária executiva e digitadora de um importante banco da cidade de Dallas, estado americano do Texas. Cansada dos constantes erros de digitação, inventou uma método eficaz e rápido para corrigi-los, sem rasuras ou sujeiras. O produto, batizado inicialmente de Mistake Out [algo como “Elimina Erros”]era um líquido branco, à base de água, que secava rapidamente, para ser passado com um pincel de esmalte de unha por cima da palavra datilografada incorretamente. Fez tanto sucesso que em 1956, ela fundou a Mistake Out Company e no mesmo ano trocou o nome do produto para LIQUID PAPER (líquido para papel), além é claro de patentear o produto.

4 – Hidrômetro – Hipatia

pag0404substituicaodehidrometro.jpg

Por volta de 400AD um dos nomes mais respeitados da matemática [sendo conhecida como a primeira matemática da história inclusive], astronomia e filosofia, Hipatia de Alexandria, inventou o hidrômetro, instrumento que mede o volume de água e é usado até hoje. Além disso, ela também inventou o astrolábio.

5 – Limpador de para-brisa – Mary Anderson 

08-parabrisa.jpg

Dirigir em dias de chuva ou neve só se tornou algo um pouco mais tranquilo depois da invenção do primeiro sistema automático para limpar o para-brisa do carro. A invenção da americana foi registrada em 1903, e permitia que o vidro fosse limpo pelas lâminas, que eram ativadas por dentro do veículo. Veja a patente original.

6 – Sistema de monitoramento doméstico – Marie Van Brittan Brown 

06-cctv.jpg

Natural do bairro do Queens, em Nova York, a inventora afroamericana obteve, em 1969, a patente para o primeiro sistema de vigilância por vídeo para uso doméstico. O sistema funcionava com uma câmera que podia ser remotamente controlada e movida por quatro buracos diferentes, transmitindo as imagens para um monitor dentro de casa. A invenção foi a “mãe” dos sistemas modernos de vigilância doméstica, e a patente também está disponível para consulta. Veja a patente original.

 

7 –  Seringa – Letitia Mumford Geer 

05-seringa.jpg

Em 2 de abril de 1899, a americana Letitia Geer registrou a patente da primeira seringa para aplicação de substâncias por meio de um pistão, e que podia ser utilizada com apenas uma mão pelo médico. O conceito inventado por Geer facilitou bastante a vida dos profissionais de saúde, e as seringas modernas são inspiradas pelo modelo apresentado pela inventora. O documento que mostra a patente original, registrada no fim do século 19, está disponível online. Veja a patente original.

8- Conexão wireless – Hedy Lamarr 

03-wifi1.jpg

A austríaca naturalizada norte-americana Hedy Lamarr foi a inventora de uma tecnologia que permitia controlar torpedos à distância, durante a Segunda Guerra Mundial, alterando rapidamente os canais de frequência de rádio para que não fossem interceptados pelo inimigo. Esse conceito de transmissão acabou, mais tarde, permitindo o desenvolvimento de tecnologias como o Wi-Fi e o Bluetooth. Veja a patente original.

 

Agora imprima e mostre pro  seu amigo babaca que diz que as mulheres nunca fizeram nada.

 

créditos: G1

 

Leia também:

80 anos depois, coletor menstrual inventado por Leona Chalmers faz sucesso

A história da mulher que inventou o orelhão 

 

Anúncios